Cenáculo

Assim ficou conhecida a tertúlia literária e ideológica que tinha lugar na casa de Batalha Reis, em Lisboa, desde 1868, e que congregou, entre outros, numa primeira fase, além de Batalha Reis, Eça de Queirós, Salomão Sáragga e Manuel Arriaga, e numa segunda fase José Fontana, Oliveira Martins, Ramalho Ortigão e, claro, Antero de Quental, que então (re)assumiu a posição de líder da sua geração, orientando as leituras dos seus companheiros para o socialismo utópico de Proudhon. Ramalho Ortigão caracterizou o Cenáculo como um "poderoso centro de espírito e de estudo, de fantasia e de ideias no meio da sociedade lisbonense, a mais incaracterística e mais banal do mundo". Aí nasceu o projeto das Conferências Democráticas do Casino Lisbonense, realizadas em 1871.
Como referenciar: Cenáculo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 06:00:41]. Disponível na Internet: