Cesare Beccaria

Estudioso do Direito, Cesare Beccaria, descendente de uma família nobre de Pavia, nasceu em 1738, em Milão, e veio a falecer em 1794, na mesma cidade. Iniciou os seus estudos no Collegio dei Nobili de Parma, prosseguindo-os na Universidade de Pavia, pela qual se formou em Direito em 1758. Os contactos com o meio cultural da cidade fizeram-no alargar os seus interesses, apaixonando-se pela filosofia e pelas ideias iluministas. Foi professor de Ciência e Economia Política e colaborador ativo da revista Il Caffé.
Na sua principal obra, Dei Delitti e delle Pene (1764), defendeu ideias vanguardistas para a época ao condenar a pena de morte e a tortura e ao provar a ineficácia destes meios enquanto dissuasores do crime. A defesa destas ideias, na época em que Beccaria o fez, era arriscada: o autor foi acusado de ofender a religião e faltar ao respeito à autoridade do Príncipe.
Obras Principais: 1762, Del Disordine e de' Rimedi delle Monete nello Stato di Milano
1764, Dei Delitti e delle Pene
1804, Elementi di Economia Pubblica, recolha póstuma das lições de economia.
Como referenciar: Cesare Beccaria in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 05:16:15]. Disponível na Internet: