CGTP-IN

A CGTP-IN é uma organização sindicalista, independente e de classe, que procura zelar pelos interesses dos trabalhadores em Portugal. Baseada nos princípios que orientam as chamadas "associações de classe" desde 1894, o movimento iniciou-se em 1970, quando foi convocada a primeira reunião das direções de sindicatos como o dos Empregados Bancários, o Nacional dos Caixeiros, o Nacional dos Técnicos e Operários Metalúrgicos e o Nacional do Pessoal da Indústria dos Lanifícios, todos do distrito de Lisboa. Nesse encontro discutiram-se aspetos relacionados com os direitos dos trabalhadores, como a liberdade para a reunião e a censura, numa época em que vigorava o regime político do Estado Novo, assim como o horário laboral. No seguinte ano, o direito à greve e à livre negociação, a par da liberdade dos sindicatos foram plasmados num documento denominado "Programa Básico da Intersindical", aprovado a 21 de março. A CGTP-IN participou na aniquilação do corporativismo após a revolução de abril de 1974 e em maio do mesmo ano organizou a estratégia a ser aplicada ao movimento sindical naqueles tempos, com vocação democrática e de união e coordenação dos trabalhadores. A nacionalização dos seguros e da banca em 1975 foi apoiada pela CGTP-IN, que em abril desse ano viu sair a lei que contemplava as liberdades dos sindicatos. Entre 25 e 27 de junho de 1975 realizou-se o 1.º Congresso da Intersindical, onde se aprovaram o programa e os estatutos da mesma. Os problemas das mulheres trabalhadoras seriam tratados em 1978, realizando-se entre os dias 4 e 5 de novembro a 1.ª Conferência Sindical Nacional sobre esta camada específica da massa trabalhadora portuguesa. A igualdade entre homens e mulheres seria também dos temas a ser continuamente debatido pela CGTP-IN. A Juventude Trabalhadora teria por sua vez a primeira conferência a 21 e 22 de novembro de 1981, e a partir de 1987 reunir-se-ia bastantes vezes para alertar para o problema do trabalho infantil em Portugal, esforçando-se para que esta situação se alterasse. Em 1995 a organização recebeu a Ordem de Mérito.
Como referenciar: CGTP-IN in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-09 19:16:32]. Disponível na Internet: