Chen Kaige

Realizador chinês, Chen Kaige nasceu a 12 de agosto de 1952, em Pequim. Filho do cineasta Chen Huaikai e de uma redatora literária, Kaige entrou para a Academia de Cinema de Pequim para frequentar o curso de realização em 1978.
Com o seu diploma, conseguiu trabalho nos estúdios de cinema de Pequim onde iniciou funções como realizador adjunto. Estreou-se como realizador, em 1984, com Huang tu di, ao qual se seguiu Da yue bing (1986), filmes em que contou com a fotografia de Zhang Yimou, que mais tarde se notabilizaria como realizador. Em 1987, realizou Hai zi wang, presente na Seleção Oficial do Festival de Cinema de Cannes. Nos finais dos anos 80, mudou-se para Nova Iorque com uma bolsa do Conselho Cultural Asiático para estudar na Universidade de Cinema de Nova Iorque e retornou ao seu país para realizar Bian zou bian chang (A Vida por Uma Corda, 1991), um filme em forma de fábula que conta a história de um cego que vive na remota Mongólia e que procura uma fórmula mágica que lhe recupere a vista.
Pelo seu filme seguinte, Ba wang bie ji (Adeus Minha Concubina, 1993), ganhou, juntamente com Jane Campion pelo Piano, a Palma de Ouro do Festival de Cannes e foi nomeado para o César de Melhor Filme Estrangeiro. O enredo é sobre dois homens que se conhecem enquanto aprendizes na Ópera de Pequim e que se mantêm amigos durante toda a vida. O filme teve bastante sucesso internacional e com ele Kaige obteve excelente reputação.
Em 1999, realizou Jing ke ci qin wang (O Imperador e o Assassino), protagonizado por Gong Li, uma das atrizes chinesas mais famosas, que já tinha colaborado com Kaige em Adeus Minha Concubina. Passado na China do século III a. C., conta a história de um imperador que envia a sua concubina como espia ao reino vizinho tendo como fim a ambição de dominar o seu reino. O filme não obteve grandes críticas, ficando aquém do esperado, facto que levou Kaige a arriscar uma produção inglesa para o seu filme seguinte: Killing Me Softly, um thriller erótico sobre Alice (Heather Graham), uma cientista americana que, ao trocar um olhar com um desconhecido, Adam (Joseph Fiennes), vê a sua vida transformar-se num rodopio de erotismo e aventura, até começar a conhecer o passado dele. O filme, atípico na sua carreira, acabou por ser uma grande deceção para os seus fãs.
Como referenciar: Chen Kaige in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-26 21:49:26]. Disponível na Internet: