chinchila

Mamífero roedor da família dos Chinchilídeos representado por uma única espécie, Chinchila laniger, que vive nos contrafortes da cadeia montanhosa dos Andes, na América do Sul.

É um animal com hábitos noturnos, passando o dia no interior de uma galeria ou entre as rochas, mas ao amanhecer e entardecer gosta de se aquecer ao sol.
Entre as chinchilas que são monógamas, a fêmea é dominante e o casal mantém-se unido toda a vida.

A chinchila tem uma pele muito sedosa, densa e suave ao tato. A sua cor no ventre é branco-amarelada e no dorso é pardo-acinzentada.

Possui olhos negros grandes, orelhas enormes e um longo bigode de vibrissas brancas ou negras. A cauda é muita peluda e de cor parda ou negra.

A chinchila, com uma longevidade até 20 anos, tem em média entre 225 e 280 milímetros de comprimento e a cauda mede entre 75 e 150 milímetros. O seu peso pode normalmente oscilar entre os 500 e 1000 gramas.

O período de gestação das chinchilas está compreendido entre os 115 e 125 dias conforme a altitude. O número de crias por parto é de cinco ou seis e nascem num estado muito avançado, totalmente cobertas de pelo.

Poucas horas depois de nascer podem correr e embora sejam amamentadas durante sete ou oito semanas, começam a comer alimentos sólidos com sete dias.

A maturidade sexual é atingida aos 8 meses. Um casal de chinchilas pode ter três ninhadas anuais.
Como referenciar: chinchila in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-10 19:11:34]. Disponível na Internet: