Chisinau


Aspetos Geográficos
Capital da Moldávia, Chisinau situa-se no Centro do país, 160 km a noroeste do porto de Odessa, no mar Negro. É atravessada pelo rio Bic, um afluente do Dniester, sendo também uma das cidades mais arborizadas da Europa. Possui cerca de 676 000 habitantes (2005).

História e Monumentos Fundada em 1436 como cidade monástica, a cidade integrou o principado moldavo, que no século XVI fez parte do Império Otomano. Fez parte da Roménia até 1812, ano em que foi ocupada pela Rússia. Durante o século XIX, emergiu à custa de um bom plano urbanístico que a dividiu em duas áreas: a parte velha, com os seus edifícios mais irregulares, e um novo centro que incluía a estação de comboios. Entre 1830 e 1836 foi construída a bela Catedral Ortodoxa, um dos ex-líbris da cidade. Seguiram-se outras obras arquitetónicas de envergadura como o Arco do Triunfo. Em 1903, deu-se uma revolta antissemita na cidade que deu origem à morte de dezenas de judeus e à destruição de muitos negócios. Em 1918, na sequência da revolução russa, a cidade tornou-se independente do país, integrando-se na Roménia. Até 1940, o centro da cidade foi alvo de grandes renovações, mas nesse ano foi ocupada pela União Soviética. Durante a Segunda Guerra Mundial foi severamente destruída, iniciando-se no final dos anos 40 um processo de reconstrução. Nos anos 50 deu-se um assinalável crescimento populacional e também do volume dos edifícios, mas foi especialmente a partir de 1971 que Chisinau teve o seu principal desenvolvimento, assente num forte investimento russo. Em 1991, tornou-se capital do estado independente da Moldávia.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Durante a ocupação soviética, a cidade chamava-se oficialmente Kishinev e assim ainda é conhecida em muitos países. O seu principal monumento é a catedral ortodoxa do século XIX. Em termos demográficos, cerca de 73% da sua população é de etnia moldava/romena, enquanto 13% são russos, 8,5% ucranianos e 1,2% búlgaros. Grande parte das suas ruas tem por nome acontecimentos, lugares ou figuras históricas.


Economia
Chisinau é a cidade mais desenvolvida e industrializada do país. As suas principais indústrias incluem os materiais elétricos, materiais de construção, maquinaria, plástico, borracha e têxteis. Os serviços predominantes são a banca e o comércio. A economia da cidade é centrada na indústria e nos serviços, com estes últimos a terem uma importância acrescida na última década.
Como referenciar: Chisinau in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 09:10:25]. Disponível na Internet: