Chris O'Donnell

Ator norte-americano nascido em 1970. Foi descoberto por um agente de talentos, que o colocou a fazer um anúncio publicitário para uma marca de fast food. Graças a essa campanha, O'Donnell tornou-se uma cara conhecida em todos os Estados Unidos e resolveu tentar uma carreira cinematográfica. Estreou-se com Men Don't Leave (Homens de Verdade, 1990), seguindo-se uma pequena participação em Fried Green Tomatoes (Mulheres do Sul, 1991). A grande oportunidade do ator surgiu em Scent of a Woman (Perfume de Mulher, 1992), onde interpretou um jovem colegial que se oferece para tomar conta de um militar reformado cego (Al Pacino), acompanhando-o numa viagem a Nova Iorque. O filme foi um sucesso e abriu as portas de Hollywood a O'Donnell. Seguiu-se a recriação de D'Artagnan, em The Three Musketeers (Os Três Mosqueteiros, 1993), um trabalho dramático, em Blue Sky (Céu Azul, 1994), e a interpretação de Robin, companheiro de Batman, em Batman Forever (Batman Para Sempre, 1995), papel que repetiu em Batman and Robin (Batman e Robin, 1997). Depois de ter sido dirigido por Richard Attenborough no melodrama In Love And War (Em Amor e Guerra, 1996), voltou aos papéis de ação em Vertical Limit (Limite Vertical, 2000).
Como referenciar: Porto Editora – Chris O'Donnell na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-27 21:46:27]. Disponível em