Christiana Drummond Morgan

Médica norte-americana, Christiana Drummond Morgan nasceu a 6 de outubro de 1897, em Boston, e faleceu a 14 de março de 1947, na ilha de Saint John.
Filha de William Councilman, médico e professor na Escola de Medicina de Harvard, a jovem estudou em escolas privadas e frequentou um curso de enfermagem, em Nova Iorque, obtendo o certificado de ajudante de enfermeira. Em 1919, casou-se com William Morgan e, entre 1921 e 1924, viveram em Nova Iorque, onde estudou na Art Students Leage. Nessa altura, conheceram Henry Murray e sua mulher com quem mantiveram um grande contacto, a ponto de se estabelecer um caso amoroso entre Henry Murray e Christiana Morgan.
Christiana Morgan e Murray contactaram com a corrente psicanalítica de Carl Jung, discípulo de Freud, na Suíça, e consentiram ser analisados pelo psiquiatra que os encorajou a manter a relação amorosa, como forma de desprender o inconsciente. Apesar de terem mantido os respetivos casamentos, aquela relação durou até à morte de Christiana Morgan. Christiana Morgan e Henry Murray ficaram conhecidos pelo desenvolvimento do Teste de Aperceção Temática (TAT), um teste de personalidade. Os dois fizeram ainda parte do grupo que apoiou Morton Prince a criar, em 1927, a Clínica Psiquiátrica de Harvard. Aí, trabalhando perto de trinta anos, Morgan contribuiu para os estudos sobre as emoções e sentimentos. Esta médica recebeu o título Radcliffe Research Fellow, que manteve até ao fim da sua carreira.
Morgan teve vários problemas de saúde e, nos últimos anos de vida, entregou-se ao alcoolismo. A sua relação com Murray continuou, mas foi perdendo entusiasmo e Murray começou a encantar-se por uma jovem mulher.
A 14 de março de 1947, Christiana Drummond Morgan suicidou-se na ilha de Saint John, afogando-se durante uma viagem com Murray às Ilhas Virgens. A sua biografia foi escrita por Claire Douglas em Translate this Darkness: The Life of Christiana Morgan (1993).
Como referenciar: Christiana Drummond Morgan in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 20:40:52]. Disponível na Internet: