Christine Todd Whitman

Política norte-americana nascida em 1947, em Nova Iorque, no seio de uma família abastada, com ligações ao Partido Republicano.
Aos 21 anos, fez o bacharelato em governação e passou a trabalhar no Congresso Nacional dos Republicanos, tendo ainda sido professora de inglês em Nova Iorque.
Depois de ter pertencido ao quadro de governantes do condado de Somerset, entre 1982 e 1988, foi convidada pelo governador Republicano Thomas H. Kean para trabalhar com ele em Nova Jérsia, no quadro de serviços públicos. Whitman tinha pouca experiência política quando concorreu, em 1993, ao cargo de governadora de Nova Jérsia. Defensora de cortes nos impostos e do direito ao aborto, acabou por bater nas eleições o Democrata James Fiorio, que era o então governador. Whitman partiu motivada para estas eleições depois de ter perdido por margem mínima, também em Nova Jérsia, um sufrágio para senadora contra o também Democrata Bill Bradley que já ocupava o cargo.
Nas eleições para governadora, que tiveram lugar a 2 de novembro de 1993, Whitman bateu Fiorio por 26 mil votos, quando uma semana antes as sondagens davam a vitória ao candidato democrata.
A 18 de janeiro de 1994 Christine Todd Whitman tomou posse como governadora do estado de Nova Jérsia, tendo sido a primeira mulher no cargo. As medidas tomadas por Whitman na área das finanças foram bem sucedidas, assim como outras a nível de educação, ambiente e segurança social.
A governadora acabou por tornar-se muito popular em todo o país e a conceituada revista People elegeu-a uma das 25 pessoas mais interessantes de 1994.
Em 1996, o seu nome chegou a ser citado como eventual candidata a vice-presidente dos Estados Unidos da América, concorrendo ao lado do republicano Robert Dole.
Mas, dentro do Partido Republicano, acabou por gerar contestação por apoiar o direito ao aborto e os direitos dos homossexuais.
No entanto, Christine Todd Whitman manteve-se como governadora de Nova Jérsia até 2000, ano em que o presidente George W. Bush a convidou para dirigir a EPA, a Agência de Proteção do Ambiente norte-americana. Tomou posse a 31 de janeiro de 2001, mas pediu a demissão em maio de 2003.
Como referenciar: Christine Todd Whitman in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-05 14:36:45]. Disponível na Internet: