Chu En-Lai

Político militar chinês, Chu En-Lai nasceu em 1898, em Shaoshing, Tchekiang (China). Educado por um tio de Xangai, foi para o Japão, onde tomou contacto com a ideologia de Karl Marx.
Em 1920, Chu En-Lai mudou-se para a Europa, estabelecendo-se nos arredores de Paris. Um ano mais tarde tornou-se membro fundador da União da Juventude Socialista Chinesa, vindo a constituir a secção parisiense do Partido Comunista da China.
Tornou-se no responsável pelos assuntos militares do partido, desencadeando pessoalmente a revolta dos operários de Shangai, em março de 1927. A cabeça de Chu En-Lai foi posta a prémio. Mas nesse mesmo ano voltou a desencadear novos tumultos, no sueste chinês, tornando-se oficial a existência do Exército Vermelho. Em setembro de 1931 Chu En-Lai juntou-se a Mao Tsé Tung na "República Soviética Chinesa", em Kiangsi. Mao tornou-se presidente e Chu En-Lai continuou um fiel seguidor da sua ideologia revolucionária. Em outubro de 1934 iniciou-se a marcha para o norte da China.
As tropas governamentais foram vencidas pelo exército de Mao, e em 1949, nasceu a República Popular da China. Chu En-Lai tornou-se o seu primeiro chefe de governo, dedicando-se à modernização do país.
Enquanto primeiro-ministro chinês protagonizou a rutura ideológica com a União Soviética, em 1960.
Diplomata convicto, Chu En-Lai foi confrontado, entre 1966 e 1968, com a revolução cultural chinesa, tendo de negociar com os guardas vermelhos e os chefes militares a sobrevivência do Estado da República Popular da China. As suas qualidades mediadoras foram, de novo, usadas por Mao Tsé Tung em julho de 1967, durante a rebelião militar de Wuhan, que quase culminou numa guerra civil, evitada pelo triunfo da autoridade estadual.
A política de Chu En-Lai e os seus desejos de modernização levaram-no a forçar a abertura ao ocidente, facto que lhe valeu inúmeras críticas vindas do interior do partido.
O cargo de primeiro-ministro não foi abalado e Chu En-Lai assim se manteve até à data da sua morte, a 8 de janeiro de 1976.
Como referenciar: Chu En-Lai in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-10 20:43:18]. Disponível na Internet: