ciclos biogeoquímicos

Todos os organismos são constituídos por elementos químicos. Dos mais de 90 elementos que ocorrem naturalmente na biosfera, só 30 são utilizados pelos organismos.
Alguns elementos - tais como o carbono, o hidrogénio, o oxigénio, o fósforo, o enxofre e o azoto - são utilizados em grandes quantidades, enquanto que outros - como o sódio, o magnésio, o ferro, o zinco, o cobre e o boro - são utilizados em pequenas quantidades ou em momentos muito reduzidos da vida do ser vivo.
A energia radiante, que diariamente envolve a biosfera, não é a única fonte para fabricar os elementos essenciais à vida. Os elementos essenciais podem ser reciclados (reutilizados) da maneira contínua ao longo da vida. Os organismos atuais podem utilizar os mesmos átomos que estavam presentes na Terra primitiva. Alguns destes átomos que constituem o organismo podem ter feito parte de uma bactéria primitiva, de um feto ou de um dinossáurio.
Durante a reciclagem, os elementos circulam entre os meios bióticos e abióticos, constituindo os ciclos biogeoquímicos. Os produtores primários introduzem os elementos no meio biótico, incorporando-os nos compostos orgânicos, e os consumidores e decompositores libertam novamente os elementos no meio abiótico, transformando moléculas orgânicas complexas em elementos simples inorgânicos. Sem a intervenção biológica, a reciclagem dos elementos não poderia ocorrer. A taxa de reciclagem dos nutrientes depende primariamente da substância e do local do meio abiótico onde o elemento se encontra. Por exemplo, os elementos que se encontram na atmosfera ou hidrosfera formam ciclos de nutrientes gasosos, que são reciclados mais facilmente do que os que se encontram no ciclo de nutrientes sedimentares, que ocorre a partir dos solos e das rochas terrestres.
Os ciclos de gases nutrientes são aqueles nos quais o elemento se encontra na forma gasosa, em alguma fase do ciclo, em grande proporção na atmosfera. Entre os diversos elementos que podem ter ciclos gasosos podemos distinguir a água, o carbono e o nitrogénio, que desempenham um papel importante na vida dos seres vivos.
Alguns elementos nunca ou raras vezes existem sob a forma gasosa. Tais elementos acumulam-se no solo e rochas e, como tal, fazem parte dos ciclos de nutrientes sedimentares. Nos elementos com ciclo sedimentar incluem-se o cálcio, o ferro, o magnésio, o sódio e o fósforo.
Como referenciar: Porto Editora – ciclos biogeoquímicos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-25 06:58:29]. Disponível em