ciliado

Os ciliados são protozoários que possuem como organelos de locomoção os cílios, que são prolongamentos citoplasmáticos vibráteis, mais curtos que os flagelos e distribuídos em maior número sobre a superfície do corpo. São de todos os protozoários os de estrutura mais complexa e mais altamente especializados.
Em algumas espécies os cílios aderem uns aos outros e formam estruturas semelhantes a escovas, chamadas membranelas. Noutras espécies formam agregados conhecidos por cirros, utilizados na locomoção por saltos.
Algumas espécies possuem pequenas estruturas, denominadas tricocistos, donde é expelida uma espécie de farpa quando a célula é excitada. Todos os ciliados possuem uma cutícula complexa e consistente, que inclui a membrana citoplasmática, o córtex, no qual existe uma abertura denominada citóstomo ou boca celular, pela qual os alimentos entram numa faringe celular, denominada citofaringe, passando depois para o citoplasma.
Frequentemente existe ainda um ânus celular especial. No caso de este não existir, a boca celular serve também para a saída dos detritos alimentares não digeridos.
Nas formas fixas os cílios existem apenas na área da boca. Outra característica própria dos ciliados é a presença de dois tipos de núcleos: um maior, o macronúcleo ou núcleo vegetativo, e outro menor, o micronúcleo, núcleo germinativo ou sexual.
A reprodução é frequentemente assexuada por bipartição. No entanto, possuem um complexo processo de reprodução sexuada, denominada conjugação, que consiste na união temporária de dois indivíduos, durante a qual, após a meiose do micronúcleo e a dissolução do macronúcleo, se realiza entre ambos uma troca de micronúcleos haploides. Em cada conjugante forma-se um núcleo diploide que em seguida se divide por mitose originando um novo micronúcleo e um novo macronúcleo.
Como referenciar: ciliado in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-25 11:34:00]. Disponível na Internet: