clorofila

Pigmento fotossintético de cor verde que funciona como fotorrecetor da luz visível utilizada no processo fotossintético.
O máximo de absorção das clorofilas corresponde aos comprimentos de onda azul-violeta e vermelho. Quimicamente, são porfirinas, insolúveis em água, mas solúveis em solventes orgânicos.
As clorofilas localizam-se nos plastídios fotossinteticamente ativos, exceto nas algas azuis, onde se encontram nos tilacoides. A cor verde das plantas deve-se à presença de clorofilas. Existem vários tipos de clorofila – a, b, c e d –, que se distinguem pela sua estrutura e padrão de absorção do espetro visível.
A clorofila a é uma associação de magnésio a um anel de dihidroporfirina que está esterificado com fitol e tem um anel de ciclopentanona (C55 H72 O5 N4 Mg). Nos organismos em que se encontra – eucariontes fotossintéticos e cianobactérias – é o pigmento fotossintético essencial para a realização da fotossíntese, sendo por isso um pigmento fotossintético fundamental.
Em presença da luz, a clorofila a passa a um estado excitado, sendo capaz de ceder eletrões para que a fotossíntese se possa desenrolar. Os eletrões cedidos são recuperados por dissociação da molécula da água.
A clorofila b é semelhante à clorofila a, mas com o grupo -CHO substituído por um grupo -CH3 (C55 H70 O6 N4 Mg). Ocorre nas plantas vasculares, briófitas, algas verdes e euglenóides. Esta clorofila, tal como a clorofila c, funciona como pigmento acessório.
A clorofila c ocorre em algumas algas, essencialmente algas castanhas e diatomáceas, funcionando como pigmento acessório por substituição da clorofila b.
A clorofila d encontra-se em algumas algas vermelhas.
Como referenciar: clorofila in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 03:12:02]. Disponível na Internet: