Artigos de apoio

cobalto
O cobalto (Co) é um elemento químico metálico pertencente à classe dos metais de transição, bi ou trivalente de cor cinzenta, brilhante e magnético, que se localiza no grupo 9 e período 4 da Tabela Periódica.
Possui número atómico 27 e massa atómica 58,933 200.
O cobalto foi descoberto em 1735 em Estocolmo, Suécia e isolado em 1742 pelo cientista G. Brandt.
O nome cobalto deriva do alemão kobald que significa gnomo.
Os minerais de cobalto encontram-se juntamente com os de níquel, principalmente como esmaltite (CoAs2) e cobaltite (CoAsS). A maior parte da produção mundial provém do minério de cobre do Shaba (Zaire) e das pirites magnéticas de Ontário.
O cobalto obtém-se submetendo o mineral a um processo de calcinação para o libertar do arsénio, sendo depois enriquecido por um processo semelhante à concentração do cobre. O speiss assim obtido é objeto de um processo de calcinação completa: dissolve-se em ácido clorídrico e a solução é precipitada fraccionadamente com leite de cal e cloreto de cálcio. O óxido de cobalto finalmente obtido é reduzido com carvão para obter o metal.
O cobalto utiliza-se principalmente para a obtenção de ligas utilizadas na produção de aços magnéticos e, devido às suas propriedades especiais, no fabrico de aços para ferramentas de corte. Pela adição de crómio e volfrâmio (50-60% de cobalto, 30-40% de crómio e 8-20% de volfrâmio) obtêm-se ligas de corte rápido com elevado rendimento, muito resistentes às altas temperaturas e especialmente apropriadas para cortar materiais duros. As ligas de cobalto-silício-ferro utilizam-se como aços resistentes a meios ácidos.
O vidro de cobalto utiliza-se na forma de pó como cor azul para pintura artística e para cerâmica (esmalte).
Os compostos de cobalto mais importantes são o cloreto de cobalto (II) (CoCl2), de cor vermelha no estado cristalino anidro, mas de cor azul se os cristais contêm água, emprega-se para tintas e indicadores atmosféricos; e nitrato de cobalto (II) (Co(NO3)2), que é um sólido cristalino de cor vermelha.
No estado trivalente, o cobalto só é estável como parte integrante de numerosos sais complexos. Os sais de cobalto e de ácidos gordos utilizam-se como secativos em pinturas a óleo, vernizes e betumes, para acelerar a sua secagem ao ar.

Como referenciar: cobalto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-04-26 07:06:49]. Disponível na Internet: