coelho

Mamífero roedor da família dos Leporídeos, distribuída por quatro géneros a que pertencem o coelho comum ou selvagem (Oryctolagus cuniculus), o coelho americano, o coelho pigmeu e o coelho asiático. O coelho comum desenvolveu-se na Europa e África do Norte e caracteriza-se pelo menor desenvolvimento que a lebre das orelhas e dos membros posteriores. É um dos mamíferos mais característicos da região submediterrânea ocidental e a sua domesticação ocorreu no fim dos tempos pré-históricos.
O coelho selvagem é um herbívoro que se alimenta de plantas herbáceas, raízes e caules tuberculosos, grãos, etc. No inverno, se escassearem os alimentos, o coelho rói a casca das árvores novas. É um animal que geralmente não bebe mas come as ervas cobertas de orvalho. Os adultos têm um comprimento de cabeça e tronco que varia entre os 14 e os 45 centímetros. A cauda tem entre 4 e 8 centímetros de comprimento. O peso do adulto varia entre os 1,3 e 3,2 quilos. As patas posteriores são muito maiores que as anteriores, os olhos estão situados nos dois lados do crânio. A cor é geralmente acinzentada e amarelada na nuca e nos pés.
Os coelhos vivem em sociedade e são muito reprodutivos podendo ter de 3 a 6 partos por ano. A gestação é de 30 a 40 dias originando entre 4 e 12 crias, geralmente quatro. Os jovens nascem nus, cegos e com as orelhas tapadas.
A exploração do coelho doméstico tem importância económica pois é uma atividade relativamente fácil. É um animal de rápido crescimento e muito prolífico. É criado como produtor de carne, peles e pelo.
Como referenciar: coelho in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 20:30:59]. Disponível na Internet: