Colisão

Filme dramático norte-americano realizado em 2004 por Paul Haggis, Crash foi interpretado por Matt Dillon, Don Cheadle, Thandie Newton, Sandra Bullock, Terrence Howard, Ryan Phillippe, Brendan Fraser, Michael Peña, Jenifer Esposito e Shaun Toub, entre outros. O argumento foi da autoria de Paul Haggis e Robert Moresco.
A história aborda as questões raciais que emergem de um grupo de estranhos que se cruza física ou emocionalmente na região de Los Angeles. Graham (Don Cheadle) é um detetive que está a investigar um assassínio que pode ter tido origem racial, ao mesmo tempo que trata a sua amante e colega Ria (Jennifer Esposito) por mexicana quando ela na realidade é porto-riquenha. Rick (Brendan Fraser) é um procurador distrital cuja mulher Jean (Sandra Bullock) não esconde os seus preconceitos em relação a pessoas de outras raças. Os seus receios confirmam-se quando o seu carro é roubado por dois afro-americanos com opiniões diferentes em relação às raças. Cameron (Terrence Howard) é um afro-americano, bem-sucedido produtor de televisão, com uma bela mulher, Christine (Thandie Newton). Quando regressam de carro de uma festa, Cameron e Christine são mandados encostar pelo polícia Ryan (Mattt Dillon), que os submete a um interrogatório humilhante, observado pelo seu novo colega, Hansen (Ryan Phillippe). Daniel (Michael Peña) é um pai dedicado que trabalha no ramo das fechaduras e descobre que a sua aparência não inspira grande confiança nos seus clientes. Farhad (Shaun Toub) é um comerciante do Médio Oriente cujas constantes ameaças de que é alvo o fazem decidir-se a arranjar uma arma para defender a sua loja e a sua família.
Todas aquelas personagens, a princípio sem qualquer relação entre si, vão "colidir" de alguma forma nas horas que se seguem, sendo colocadas à prova nas suas crenças e motivações. Tendo como principal tema o racismo e a xenofobia, Colisão acaba por ultrapassar o tema e refletir sobre a condição humana no seu todo: os receios, as vulnerabilidades, a solidariedade, o preconceito, a indiferença, a sorte que nos acompanham num certo sentido fatalista da existência. A sua construção em mosaico, com um painel de diversas personagens que se acabam por relacionar a dada altura, é devedora de filmes como Magnolia (1999), de Paul Thomas Anderson, e potencia as situações dramáticas e os ecos de toda a humanidade naquele microcosmos.
Aclamado pela crítica, Colisão constituiu a estreia como realizador de Paul Haggis, até aí mais conhecido pelo seu trabalho na televisão e pelo argumento de Million Dollar Baby (2003), de Clint Eastwood.
Entre os inúmeros prémios que ganhou, destaque para as nove nomeações para os BAFTA, a nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Ator Secundário (Matt Dillon) e as seis nomeações para os Óscares, incluindo a categoria de Melhor Filme. Destes últimos acabaria por, na madrugada de 6 de março de 2006, arrebatar três: Melhor Filme, Melhor Argumento Original e Melhor Montagem.
Como referenciar: Colisão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 02:37:38]. Disponível na Internet: