Colossos de Mémnon

Mémnon é uma das figuras centrais da mitologia grega, descrito como o rei da Etiópia, filho de Titonius, o príncipe de Troia, e de Eos, a deusa da aurora. Conta a lenda que Mémnon, no décimo ano da Guerra de Troia, levou o seu exército para apoiar os troianos na sua luta contra os gregos. Embora tivesse lutado com muita bravura, Mémnon foi morto por Aquiles, o grande herói guerreiro grego. Diz a tradição lendária que Zeus, o deus dos deuses, para consolar sua mãe Eos, concedeu-lhe a vida eterna, tornando-o imortal.
Na civilização egípcia um conjunto de estátuas de grandes proporções, ou seja, esculturas colossais, erigidas na cidade de Tebas, parecem representar este herói da mitologia grega da época clássica.
A cidade egípcia de Tebas estava muito ligada à devoção do deus egípcio Ámon-Ra e urbanisticamente era dominada pelos monumentais templos de Luxor e Karnak.
Como referenciar: Colossos de Mémnon in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-21 20:23:37]. Disponível na Internet: