Comité Olímpico Internacional

O Comité Olímpico Internacional (COI) foi constituído em 23 de junho de 1894 por iniciativa do mentor do Olimpismo Moderno, o barão Pierre de Coubertain. Ficou então estabelecido, após a reunião do Congresso Atlético Internacional, em Paris, que o objetivo do Olimpismo seria colocar o desporto ao serviço do desenvolvimento harmonioso do Homem e encorajar o estabelecimento da paz na sociedade, preservando a dignidade humana. O COI foi estabelecido como a entidade suprema do movimento olímpico com o papel de avaliar os critérios de entrada dos candidatos a membros da família olímpica.
O Comité Olímpico Internacional é atualmente uma organização internacional não governamental e sem fins lucrativos com sede em Lausanne, na Suíça. Tem como missão liderar o movimento olímpico em concordância com a Carta Olímpica, que contém os princípios fundamentais adotados pelo COI.
Assim, foi constituída uma Comissão de Ética dentro do Comité Olímpico Internacional, com o objetivo de assegurar o cumprimento das regras e princípios éticos no seio do movimento olímpico. A discriminação racial, política, religiosa ou sexual constitui uma prática condenada pelo COI e incompatível com o espírito olímpico. O país, ou indivíduo infrator destes princípios é expulso do movimento olímpico pelo COI.
Ao Comité Olímpico Internacional estão atribuídos os direitos exclusivos sobre a organização dos Jogos Olímpicos de verão e de inverno, realizados de quatro em quatro anos.
Como referenciar: Comité Olímpico Internacional in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 02:03:06]. Disponível na Internet:
OUTROS ARTIGOS