comunicação empresarial

O termo empresarial concorre com os termos institucional, global, integrada, corporativa, organizacional ou de marca e o conceito tem quase tantas formulações quantos os autores. Duas orientações se impõem: a primeira centra-se no produto, no serviço e na marca, denominando-se comunicação de marketing, e a segunda fixa-se na própria empresa, chamando-se empresarial.
A comunicação tem um papel fundamental na empresa e não pode resumir-se a uma transmissão de informações e de decisões - modo como muitos responsáveis a olham. Insuficiência de diálogo e sentimento de não participar nas reuniões causam sempre desmotivação profunda. A cultura da comunicação deve inscrever-se num método de investigação do mais elevado nível de motivação, nos instrumentos de gestão e nas estratégias de mudança.
O fim da comunicação é aumentar a eficácia da empresa: participa na gestão, na estratégia e nas decisões. Com efeito, o lançamento de um produto é limitado se não for conceptualizado e a aplicação de uma decisão é impossível se ela não for facilmente compreensível. Uma organização exige uma imagem institucional; esta não existe se não houver valores, mas estes não serão partilhados se não forem explícitos. Ora, comunicar é partilhar, comunicar é explicitar.

Como referenciar: Porto Editora – comunicação empresarial na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-20 23:58:32]. Disponível em