Conall Cernach

Este lendário guerreiro celta da Irlanda era neto do druida Cathbad, filho de Amhairghin, o poeta, e primo e irmão de leite de Cu Chulainn, uma vez que ambos foram criados por Fergus mac Roich. Um druida disse à sua mãe, Findchoen, que teria um filho notável se lhe pagasse uma avultada quantia. Depois de dar a quantia exigida, Findchoen acompanhou o druida a um poço ao qual ele lançou profecias e feitiços. Sob instrução do druida lavou-se e bebeu da água, dizendo-lhe então o druida que iria conceber o filho em nada leal ao povo de sua mãe, os Connachta (da região de Connaught, noroeste da Irlanda). Quando Findchoen bebeu a água, engoliu também uma minhoca que se alojou na mão da criança, tendo-a devorado.
Assim, as relações de Conall com os Connachta foram sempre pouco amistosas, como se pode verificar pela história (saga) o porco de Mac Dathó. Neste relato menciona-se uma guerra que houve cerca de trezentos anos a. C. entre o Ulster e Connaught, na qual Conall venceu Cet de Connacht, seu tio materno, devido a uma rixa por causa de quem tinha que trinchar em primeiro lugar um porco assado. Apesar de saber das terríveis profecias sobre a criança, Cet tinha protegido a sua irmã até esta dar à luz, e quando Conall nasceu acolheu-o sob sua proteção e marcou-lhe o pescoço.
O cognome deste guerreiro, Cernach, significa "das Vitórias", justificado pelos triunfos conseguidos nos numerosos combates em que participou. Entre estes combates conta-se uma ocasião em que devia lutar com um adversário que tinha um só braço, tendo decidido atar um dos seus para ficarem em pé de igualdade. O braço que usou para empunhar a espada foi depois decepado, visto que não usou o outro para se proteger com o escudo.
Conall Cernach foi grande herói da Fação Vermelha dos guerreiros do Ulster, antecedendo Cu Chulainn. Foi também o único sobrevivente da destruição da estalagem de Da Dergas e é um dos adversários, juntamente com Loegaire, vencidos por Cu Chulainn na festa de Bricriu.
Como referenciar: Conall Cernach in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 16:19:33]. Disponível na Internet: