Conde de Amarante

Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, filho de Manuel da Silveira Pinto da Fonseca e de D. Antónia da Silveira, nasceu a 1 de setembro de 1763 em Canelas.
Casou com D. Maria Emília Teixeira de Magalhães e Lacerda, tendo um filho que lhe sucedeu na Casa de Amarante, Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira.
Em 1780 foi cadete no Regimento de Cavalaria de Almeida, cinco anos depois foi morgado do Espírito Santo e tornou-se o chefe da sua Casa. Foi sargento-mor na guerra contra Espanha e França, tendo-se demitido em 1807, quando os franceses tomaram o governo. Tentou fugir para o Brasil sem êxito, tornou-se governador militar de Trás-os-Montes, onde conquistou aos franceses a cidade de Chaves. Em 1809 tornou-se marechal de campo, em recompensa da coragem e fidelidade demonstrada na luta contra os invasores franceses, outorgando-lhe o rei D. João VI o título de conde de Amarante em 1811. No ano seguinte foi elevado a tenente-coronel, tendo falecido em Vila Real a 27 de maio de 1821.
Como referenciar: Conde de Amarante in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 16:13:10]. Disponível na Internet: