correlação (geologia)

Se queremos criar uma escala de tempo geológico, que seja aplicável a toda a Terra, teremos de considerar as rochas da mesma idade existentes em diferentes regiões como correlacionadas. Numa área limitada há vários métodos para estabelecer a correlação entre as rochas de uma zona com as de outra zona. Um estrato ou série de estratos podem ser estudados andando ao longo do afloramento.
Contudo, tal não é possível quando o estrato não está completamente exposto. A correlação em pequenas zonas e distâncias é muitas vezes feita pelo registo da sequência dos estratos ou pela identificação do estrato noutro local se ele for constituído por cristais perfeitamente identificáveis e pouco comuns. Pela correlação das rochas de várias zonas é mais fácil estabelecer e compreender a história geológica da região.
Muito estudos geológicos envolvem pequenas áreas. Contudo eles são importantes, pois são revalorizados quando as rochas estudadas são correlacionadas com as de outras regiões. Quando se pretende estabelecer uma correlação entre áreas muito separadas ou entre continentes, os geólogos recorrerem geralmente ao estudo dos fósseis.
Como referenciar: correlação (geologia) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 15:49:34]. Disponível na Internet: