crisântemo

Designação vulgar de plantas herbáceas do género Chrysanthemum e da família das Asteráceas.
Os crisântemos do género Chrysanthemum são plantas anuais, aromáticas.
Possuem folhas alternas, bipenatipartidas a subinteiras, oblongas ou obovadas.
As flores dispõem-se em capítulos, pedunculados, solitários ou associados em corimbos. As flores marginais são femininas e liguladas e as do disco são hermafroditas e tubulosas.
O fruto é um aquénio, de papilho nulo.
Entre outras, são designadas crisântemos as espécies Chrysanthemum frutescens e o Chrysanthemum morifolium; são cultivadas como plantas ornamentais.
O Chrysanthemum frutescens tem folhas profundamente recortadas, com pecíolos pequenos e de cor verde clara. Florescem em pequenos e grandes capítulos no verão.
O Chrysanthemum morifolium (Sin. Dendranthema morifolium; Sin. Dendranthema grandiflorum) floresce no outono ou no princípio do inverno. As flores desta espécie, que se situam na margem do capítulo, são tão numerosas que praticamente tapam as flores tubulosas do centro do capítulo. As flores da margem do capítulo podem apresentar várias cores como branco, bege, amarelo, cor-de-rosa, laranja ou arroxeado.
As espécies Chrysanthemum segetum (erva-mijona, malmequer ou pampilho-das-searas) e Chrysanthemum coronarium (malmequer, pampilho ou pampilho-vulgar) são espontâneas em Portugal e a maior parte das vezes comportam-se como infestantes das culturas.
Como referenciar: Porto Editora – crisântemo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-19 18:50:41]. Disponível em