croco

Designação vulgar de plantas herbáceas da família das Iridáceas e do género Crocus.
As plantas do género Crocus são vivazes e bolbosas, de bolbo sólido revestido por diversas túnicas de cor e textura variáveis.
As folhas dispõem-se em tufo. São lineares, todas basais, com dois sulcos na página inferior, planas ou caniculadas na página superior.
As flores são solitárias, radiais, com perianto afunilado, e sésseis numa bráctea espatácea terminal no pedículo. As anteras são, geralmente, extrorsas.
O ovário é subterrâneo e o fruto é uma pseudocápsula, cilíndrica ou elipsoide, que amadurece mais ao menos ao nível do solo, com numerosas sementes, geralmente elipsoides ou globosas, de cor castanha ou avermelhada.
Na Europa localizam-se quarenta e três espécies sendo endémicas na Península Ibérica o Crocus carpetanus, que floresce de janeiro a julho, e o Crocus serotinus, também conhecido por açafrão-bravo, cuja floração ocorre entre os meses de setembro e janeiro.
Como referenciar: Porto Editora – croco na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-20 01:20:28]. Disponível em