Crowded House

Banda rock australiana, formada em 1985 por Neil Finn (vocalista), Craig Hooper (guitarra), Nick Seymour (baixo) e Paul Hester (bateria).
É atribuída aos Crowded House a criação de alguma da melhor música pop feita no final dos anos 80 e no princípio da década de 90.O primeiro nome do grupo foi The Mullanes, contando com Neil Finn e os membros dos Split Enz, banda na altura liderada pelo irmão de Neil, que optou por uma carreira a solo.
Em 1986 surge o álbum homónimo de estreia da banda que, apesar de inicialmente não ter tido grande aceitação comercial, acaba por ser bem acolhido depois de várias apresentações ao vivo do grupo, chegando, na Austrália e na Nova Zelândia, à marca de disco de platina.
Em 1988, surge Temple of Low Men, o segundo álbum, que a crítica elogia pela evolução em relação ao primeiro disco e que volta a ser um sucesso no seu país natal e ainda no Canadá (isto apesar de um modesto 42.º lugar no top norte-americano).
Após alguns problemas internos que quase provocaram a rutura da banda, estes acabam por ser resolvidos com a entrada do irmão de Neil, Tim Finn. Esta colaboração foi iniciada com o objetivo de editarem um álbum em conjunto e daí resultaram 14 novas canções. Em simultâneo, as sessões de gravação dos Crowded House não estavam a resultar, as canções pareciam de pouca qualidade. Neil decidiu incluir algumas das canções compostas com o irmão e incorporá-lo na banda, no álbum seguinte do grupo, Woodface, de 1991.
O disco é muito bem recebido na Grã-Bretanha, onde chega mesmo à platina, graças, em grande parte, ao hit-single "Weather with you".
No ponto mais alto da sua carreira, quando a aclamação da crítica convergia com a aceitação comercial (como confirmam as suas atuações em estádios no Reino Unido), Tim Finn anuncia, em 1991, a sua inesperada saída da banda, em pleno momento de afirmação do projeto. Para o seu lugar o grupo contrata Mark Hart.
Em 1993, os Crowded House regressam aos discos com Together Alone, que entra para o 4.º lugar do top britânico, mas que, como os anteriores trabalhos, não chega a vingar nos EUA. Os Crowded House partem para uma digressão europeia bem sucedida. Quando se decidiam a iniciar uma tournée americana, o baterista Paul Hester abandona o grupo e os concertos previstos nos EUA são cancelados. No final de 1994, Neil Finn coloca um termo nas atuações da banda, dedicando-se mais afincadamente a outros projetos, entre os quais, uma segunda tentativa de edição de um álbum com o seu irmão, Tim. Esse disco saiu finalmente em 1995. No ano seguinte, Neil Finn anunciou o final dos Crowded House. No mesmo mês, sai para as lojas Recurring Dream: The Very Best of The Crowded House (1996), entrando para o número um das tabelas de vendas britânica e australiana. O concerto final dos Crowded House aconteceu a 24 de novembro de 1996, no Sydney Opera House, perante 100 000 fãs, num espetáculo de beneficiência.
Neil Finn iniciou a sua carreira a solo em 1998, editando Try Whistling This. Em 1999, foi editado um álbum de raridades e inéditos dos Crowded House, sob o título Afterglow.
Em 2003, a coletânea de êxitos ao vivo de 1996, foi re-editada, sendo-lhe adicionado um DVD, com excertos de atuações ao vivo do grupo australiano.
Como referenciar: Crowded House in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-12 21:14:10]. Disponível na Internet: