cultura empresarial

Conjunto dos valores, dos símbolos e sinais partilhados pelos membros de uma empresa e que marcam os seus comportamentos e as suas atitudes. Sobre ela agem tanto variáveis culturais externas como particularidades de cada empresa. É um conceito que se vulgarizou a partir de 1981, com a publicação de várias obras americanas relativas à excelência da gestão de certas empresas. Até 1985, coexistem duas orientações: a cultura como um dos elementos da empresa, ou seja, a empresa tem uma cultura, meio de aceder aos valores e comportamentos da mesma; a cultura como sinónimo da empresa, isto é, a empresa é uma cultura, sistema de conhecimentos e de valores a interpretar por cada um dos seus membros. É esta segunda que se tem imposto ultimamente.
A cultura de empresa é aquele pequeno nada que faz com que toda a gente se reveja no todo ou na parte da sua atividade, nos membros, na publicidade e nos produtos. Não se decreta, vive-se. Ela recolhe e divulga
os princípios, os valores e os objetivos da empresa. Entre os seus objetivos conta-se a homogeneização do espírito comum do grupo através da partilha de aspetos como a comunicação, a integração, a motivação e a animação.

Como referenciar: Porto Editora – cultura empresarial na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-20 16:30:57]. Disponível em