culturismo

O culturismo teve a sua origem na Grécia Antiga quando os gregos, através do transporte de ânforas, procuravam incrementar a sua força e moldar o corpo de forma escultural, descobrindo assim os princípios básicos do culturismo: o exercício de resistência progressiva, que consiste em obter força física através do exercício do músculo, com um peso que aumenta gradualmente.

O peso do próprio corpo também pode ser aproveitado com a prática de exercícios livres, muito utilizados na fase inicial do treino muscular. O levantamento de barras, flexões de braços ou de tronco e o agachamento livre sem pesos são outros dos exercícios mais frequentes.
Depois da preparação física inicial, o culturismo pode tornar-se num desporto competitivo de vertente profissional, que consiste em potencializar ao máximo as estruturas musculares do atleta que, no ideal da superioridade física passa a concentrar-se no levantamento de pesos cada vez mais significativos.

Os praticantes do culturismo defendem que a modalidade leva a uma melhor coordenação entre a disciplina do corpo e da mente, conferindo harmonia e aumentando o bem-estar e a autoconfiança.
Como referenciar: culturismo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 01:31:13]. Disponível na Internet: