Curto Circuito

Criado em 1999 por Rui Unas e Pedro Miguel Paiva, a convite do Eng.º Graça Bau da TV Cabo, o Curto Circuito começou as suas emissões dia 15 de setembro de 1999 no já extinto CNL-Canal de Notícias de Lisboa.
Desde logo inovador pela forma como o público podia interagir com o programa (através de telefone, fax, e-mail e IRC), o Curto Circuito marcou, e ainda marca, uma geração que tem entre 15 e 24 anos. O programa tem um formato diário, com três horas de duração e os seus primeiros apresentadores foram Rui Unas e Rita Mendes.
Em julho de 2000 juntou-se à dupla de apresentadores o carismático Fernando Alvim e, ainda nesse ano, em dezembro, Patrícia Bull tornou-se a quarta apresentadora do programa. O segredo do sucesso está na interatividade que o programa proporciona aos espectadores que estão em casa. De facto, o espectador pode pedir e dedicar videoclips, opinar sobre o tema do dia, participar em passatempos e influenciar o rumo do programa, algo nunca visto na televisão em Portugal.
No percurso do programa contam-se as passagens pelo Canal 21 da TV Cabo, situação que se alterou em abril de 2001, com a mudança para a SIC Radical, onde o Curto Circuito é a âncora. É um canal feito à medida do programa, jovem e irreverente.
O Curto Circuito foi inovador até na seleção dos apresentadores. Com a saída de Rita Mendes no ano de 2001, foi feito um casting nacional para arranjar uma nova apresentadora. As 20 pré-selecionadas apresentaram um programa cada uma, e só depois foi escolhida a apresentadora final, Ana Teresa Tavares, que começou a apresentar o Curto Circuito em agosto do mesmo ano.
Por esta altura, verificou-se a saída de Patrícia Bull da apresentação do programa, tendo sido substituída em novembro de 2001 por Irina Furtado, que se manteve até fevereiro de 2002, uma data chave para o programa. Foi neste mês que o criador do Curto Circuito saiu do programa. Rui Unas deixou a apresentação do programa com o objetivo de abraçar outro projeto televisivo. Uma perda importante mas que foi colmatada com o regresso de Rita Mendes.
Em abril de 2002, Pedro Ribeiro aparece como novo apresentador do programa e no mês de setembro, dão-se as saídas de Rita Mendes e de Fernando Alvim, entrando para o seu lugar Diogo Beja e Carla Salgueiro.
Durante o período SIC Radical, o Curto Circuito cresceu em conteúdos, ganhou novas rubricas, novos colaboradores especializados e mais energia. Surge também em força o website do programa, um local onde se pode encontrar de tudo sobre a programação.
Fruto de uma grande equipa criada pela SIGMA 3 (produtora de televisão), o Curto Circuito acompanha uma geração e cresce com ela.
A constante preocupação pelo crescimento e sucesso do programa, quer em conteúdos quer em interatividade, proporcionou-lhe a ligação a um novo desafio da TV Cabo, a Televisão Interativa.
Como referenciar: Curto Circuito in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-24 18:58:34]. Disponível na Internet: