cuscuta

Designação de plantas herbáceas do género Cuscuta e da família das Convolvuláceas. São designadas de cuscuta as espécies Cuscuta australis, Cuscuta campestris, Cuscuta epithymum e Cuscuta suaveolens.
As plantas do género Cuscuta são parasitas.
O caule é filamentoso, volúvel, com haustórios. As folhas estão reduzidas a escamas. As flores estão agrupadas em inflorescências cimosas, tipo umbelas ou capítulos. São pequenas, hermafroditas, subsésseis ou pediceladas. Podem ter uma coloração amarelada, avermelhada ou branca. O cálice é sinsépalo e a corola é campanulada penta ou quadripartida, com cinco ou quatro escamas petaloides, geralmente laciniadas, inseridas abaixo dos estames. Possuem dois estiletes livres ou adunazos. A cápsula possui deiscência transversal ou irregular.
O fruto é uma cápsula.
A cuscuta compreende várias espécies, por vezes causadoras de importantes prejuízos em plantas cultivadas. É o que acontece com a Cuscuta epilinum (cuscuta-do-linho) que parasita o linho e a Cuscuta suaveolens que parasita a luzerna, podendo causar grandes estragos nas sementeiras de luzernas.
A cuscuta é também conhecida por cabelos, enleios ou linho-de-cuco.
São outros exemplos de cuscuta a Cuscuta chinensis (cuscuta-da-China), a Cuscuta japonica (cuscuta-do-Japão) e a Cuscuta epilinum (cuscuta-do-linho).
Como referenciar: cuscuta in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-03-30 18:11:10]. Disponível na Internet: