custo de oportunidade

Na medida em que na realidade económica normal a dotação dos recursos (nomeadamente tempo e rendimento) é limitada, a sua aplicação implica a realização de escolhas entre várias opções alternativas. Por exemplo, uma ida ao teatro implica que, pelo menos simultaneamente, não possamos ir ao cinema, seja por via de uma restrição temporal ou monetária. Um outro exemplo pode ser o de um agente que dispõe de um rendimento de 1000 unidades monetárias. Com esse rendimento ele tem, por exemplo, a possibilidade de realizar uma viagem ou adquirir um automóvel, mas nunca as duas coisas. Neste caso, se fizer a viagem, o automóvel representará o seu custo de oportunidade. Se, em alternativa, adquirir o automóvel, será a viagem a representar o mesmo custo de oportunidade.
Ou seja, o agente económico é obrigado a prescindir de uma alternativa, tendo como custo a oportunidade de a realizar. Assim, a alternativa de que se abdicou representa o custo de oportunidade.
O conceito de custo de oportunidade tem aplicação concreta em imensas situações da realidade económica e não apenas ao nível dos agentes individuais. Com efeito, as decisões do Estado implicam muitas vezes a incorrência em custos de oportunidade relevantes que devem naturalmente ser tidos em conta sempre que justificável. Ao nível da sociedade como um todo acontece ainda em vários casos que os custos de oportunidade associados a determinadas decisões do Estado são de difícil mensuração e, como tal, passíveis de introduzir um elemento subjetivo importante. Um exemplo deste facto é o impacto ambiental de uma determinada decisão. Como avaliar, por exemplo, o custo de oportunidade associado à construção de uma determinada infraestrutura (uma estrada, por exemplo) numa reserva ecológica? Embora não haja dúvidas acerca da existência de consequências (diminuição de espaços verdes, eventual desaparecimento de espécies de fauna ou flora, etc.), torna-se de facto complicado avaliar esses custos e por consequência avaliar o mérito de uma decisão desse tipo.
Em termos teóricos, o conceito de custo de oportunidade pode ser ilustrado pelo recurso à figura da fronteira de possibilidades de produção, que traduz as combinações de dois bens ou serviços alternativos que maximizam a eficiência produtiva de uma determinada entidade económica.
Como referenciar: custo de oportunidade in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-17 13:37:52]. Disponível na Internet: