D. Juan Carlos

Monarca espanhol, de nome completo Juan Carlos Alfonso Victor María de Borbón y Borbón, nasceu a 5 de janeiro de 1938, em Roma, filho de D. Juan de Borbón y de Battenberg, Conde de Barcelona, e de D. Maria Mercedes de Borbón-Dos Sicilias e neto de Afonso XIII. Em 1931, devido à proclamação da República em Espanha, a família real tinha abandonado o país, tendo ido viver para Itália, onde o futuro rei acabaria por nascer, sete anos mais tarde.
Com apenas dez anos, foi para Espanha estudar sob a tutela de Francisco Franco e em 1955 iniciou a sua instrução militar, em escolas do exército, da marinha e da força aérea. Em 1961 concluiu os estudos superiores em áreas jurídico-políticas na Universidade Complutense de Madrid. D. Juan Carlos casou em 1962 com a princesa Sofia da Grécia, com quem teve três filhos: a Infanta D. Helena, nascida em 1963, a Infanta D. Cristina, nascida em 1967, e o Príncipe Felipe, nascido em 1968.
Em 1969, o então chefe de Estado Francisco Franco aponta D. Juan Carlos como seu futuro sucessor, mas com o título de rei. Este ascendeu ao trono espanhol a 22 de novembro de 1975, dois dias depois da morte de Francisco Franco. Dois anos depois, em 1977, algum tempo após D. Juan Carlos ter declarado a sua intenção de restaurar a democracia no país, foram realizadas eleições, as primeiras desde 1936. Uma vez aprovada a Constituição de 1978, em que ficou decidida a monarquia parlamentar, D. Juan Carlos cedeu a muitos dos seus poderes. Em 1981 tornou-se o primeiro rei espanhol a visitar as Américas e o primeiro monarca a visitar oficialmente a China.
Foi, desde sempre, uma figura importante no desenvolvimento das boas relações com os países latinos, o que levou ao aparecimento das Conferências Ibero-americanas, tendo sido realizada a primeira em 1991, no México.
Presidente honorário da direção do Instituto de Cervantes, recebeu vários doutoramentos Honoris Causa de várias universidades, quer espanholas quer estrangeiras.
Como referenciar: Porto Editora – D. Juan Carlos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-25 02:06:05]. Disponível em