D. Maria Teles de Meneses

Filha de Martim Afonso Telo de Meneses e de D. Aldonça de Vasconcelos, era igualmente irmã de D. Leonor Teles. Nasceu e morreu em data incerta, tendo casado com o fidalgo e mestre da Ordem de Cristo Álvaro de Sousa. Deste casamento nasceu Lopo Dias de Sousa, morrendo o marido pouco tempo depois.
Era dama da infanta D. Beatriz, filha de Inês de Castro e D. Pedro, tendo sido nestas circunstâncias que D. Fernando conheceu D. Leonor Teles. Depressa dissolveu o casamento desta e se casou com ela, contra a aprovação de D. Maria. O infante D. João, irmão de D. Beatriz, apaixonou-se e casou-se em segredo com D. Maria, o que desagradou à irmã quando se veio a saber, uma vez que ela, ao casar com um possível herdeiro, se poderia tornar rainha. Assim, poderia ficar relegada para segundo plano a filha de D. Leonor, contra a qual se podia dizer que tinha sido fruto de adultério.
D. Maria Teles acaba por ser morta pelo marido devido a este conflito de interesses, uma vez que D. Leonor disse a D. João que se não tivesse casado com D. Maria ter-lhe-ia sido proposto o matrimónio com a sua filha, herdeira do trono. Imediatamente, e depois de D. Leonor ter ainda insinuado a infidelidade de D. Maria, D. João dirige-se ao palácio conimbricense de Sub-Ripas e mata a inocente mulher perante todos os seus acompanhantes. No entanto, acabou por ser castigado com o exílio.
Depois de morta D. Maria, foi D. João, o pretendente com mais direito ao trono, encarniçadamente perseguido por D. Leonor Teles.
Como referenciar: D. Maria Teles de Meneses in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-07 19:47:01]. Disponível na Internet: