D. Rodrigo de Sousa Coutinho

D. Rodrigo Domingos de Sousa Coutinho Teixeira de Andrade Barbosa foi o 1.º conde de Linhares da família Sousa Coutinho. Filho de D. Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho e de D. Ana Luísa Joaquina Teixeira de Andrade Barbosa, nasceu a 4 de agosto de 1745 em Chaves.
Desempenhou o cargo de ministro em Turim e, em 1795, foi secretário de Estado da Marinha (formando a Junta da Fazenda da Marinha e o corpo de engenheiros construtores navais). Nesta cidade casou-se a 8 de maio de 1789 com D. Gabriela Asinari di San Marsan, dama de honor da rainha D. Carlota Joaquina, e teve deste casamento quatro filhos.
Foi também presidente do Real Erário (do qual o demitiram por defender os interesses britânicos em prejuízo dos franceses), ministro da Guerra e dos Negócios Estrangeiros, inspetor-geral da Junta Económica, Administrativa e Literária da Impressão Régia, da Biblioteca Pública de Lisboa, do gabinete de História Natural e do Jardim Botânico do palácio da Ajuda, entre outros. Escreveu Memória sobre a verdadeira influência das minas de metais preciosos na indústria das nações, especialmente na portuguesa, publicado pela Real Academia das Ciências.
Foi 1.º senhor de Paialvo (Tomar), tendo-lhe sido outorgadas as cruzes da Torre e Espada e de Santiago.
Morreu a 26 de janeiro de 1812, no Rio de Janeiro, para onde acompanhou a corte.
Como referenciar: D. Rodrigo de Sousa Coutinho in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-11-18 16:46:53]. Disponível na Internet: