dador universal

É considerado dador universal, no caso das transfusões sanguíneas, o indivíduo que é do grupo O. Na medida do possível, as transfusões devem ser isogrupais. No entanto, as pessoas do grupo O podem dar sangue a pessoas de todos os outros grupos. Como as suas hemácias não possuem aglutinogénios e as aglutininas anti-A e anti-B podem diluir-se no sangue do recetor, normalmente não há acidentes. Também, por vezes, se designa o próprio Grupo O como dador universal.
Como referenciar: dador universal in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 06:02:13]. Disponível na Internet: