David Mitchell

Escritor inglês nascido em 1969, em Southport, na Inglaterra, cresceu em Malvern, no condado de Worcestershire.
Licenciou-se em Literatura Inglesa e Americana e fez um mestrado em Literatura Comparada na Universidade de Kent.
Depois de terminar os estudos foi viver para Itália, para a ilha da Sicília, onde esteve cerca de um ano, antes de se mudar para a cidade de Hiroshima, no Japão, onde ensinou inglês durante oito anos a alunos já adultos. Após esta experiência no estrangeiro regressou a Inglaterra e passou a dedicar-se à escrita.
Em 1999 lançou o seu primeiro romance, Ghostwritten, onde nove narradores em nove localidades diferentes de todo o mundo contam histórias interligadas entre si. Esta obra ganhou o prémio de romance do ano atribuído pelo jornal diário inglês Mail on Sunday e foi incluída na lista de favoritas para o The Guardian First Book Award, destinado a livros de estreia.
Dois anos mais tarde, lançou number9dream, um romance com a ação a decorrer na atualidade em Tóquio, no Japão. Conta a história de um homem em busca do seu pai desaparecido. O romance foi incluído na lista de favoritos do Booker Prize, um dos mais importante galardões literários do mundo.
Em 2003 David Mitchell foi considerado pela conceituada revista literária britânica Granta com um dos vinte melhores jovens escritores britânicos.
No ano seguinte, Mitchell editou o seu terceiro romance, Cloud Atlas. Nesta obra o habitante de uma ilha do Pacífico assiste ao declínio da ciência e da civilização, enquanto temas de História vão sendo explorados ao longo do livro numa série de narrativas aparentemente desconexas. O autor escreveu separadamente as seis as histórias que compõem o livro. Esta obra, tal como aconteceu com number9dream em 2001 foi incluída na lista de favoritos para o Booker Prize 2004.
Entretanto, David Mitchel trocou a Inglaterra pela Irlanda, tendo ido morar para uma aldeia piscatória chamada Clonakilty.
Como referenciar: David Mitchell in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-17 11:21:48]. Disponível na Internet: