deserto (simbologia)

O símbolo do deserto é muito antigo e está relacionado com a busca da realidade. Esta extensão imensa e estéril, em que as paisagens aparentemente se repetem, é o local ideal para um encontro com o interior de cada ser humano. O deserto simboliza uma espécie de busca interior ou exterior, simultaneamente um local de tentação e um meio ideal para a obtenção da salvação divina da alma.
Segundo um antigo ditado tuaregue, Deus criou os países com muita água para que os homens pudessem aí viver e criou os desertos para que os homens pudessem reconhecer a sua alma. O deserto como um lugar aparentemente estéril surge como um imenso mar sem água, o "Bahr bela ma" dos cameleiros árabes do deserto mais extenso do mundo: o Saara. O deserto está associado ao mar pela sua extensão e pelas suas ondas, que vão mudando ao capricho dos ventos, e as caravanas de camelos são muitas vezes chamadas de navios do deserto. O deserto é uma espécie de mar de areia onde os homens se deslocam em caravanas e onde os árabes aprenderam a navegar pelas estrelas, conhecimentos que foram depois aplicados nos oceanos de água. Símbolo de uma busca ou de uma procura de valores elevados, o deserto assim o foi para os hebreus que buscaram a Terra Prometida através do deserto do Sinai.
Uma das simbologias do deserto na cultura cristã, das mais frequentes que se podem encontrar na Bíblia, é a de um lugar afastado de Deus e propício à tentação pelo demónio. Cristo foi tentado no deserto, Santo Antão também nele foi assediado pelos demónios e nele o povo de Israel foi castigado. Mas o deserto é o local escolhido pelos eremitas para se encontrarem com a sua própria natureza e com o divino, como o indica a influência na palavra eremita da palavra grega para deserto, eremos. São João Batista também escolheu o deserto para pregar e para anunciar a vinda do Messias e aqui o local demonstra ser propício a profecias divinas. No Apocalipse, o povo de Deus refugia-se no deserto onde Deus lhe assegura proteção e alimento. A diferença essencial parece estar na presença e na ausência de Deus, já que o deserto com Deus é positivo e sem Deus é negativo ou estéril.

Como referenciar: deserto (simbologia) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 08:30:42]. Disponível na Internet: