Dino Buzzati

Escritor e jornalista italiano, nasceu a 16 de outubro de 1906, em San Pellegrino, Itália, e faleceu a 28 de janeiro de 1972, em Milão.
Depois de concluir os estudos em Direito, Dino Buzzati acabou por se tornar jornalista, aos 22 anos, quando foi contratado pelo conceituado diário italiano Corriere de le Sera. Começou por ser revisor, mas depois foi repórter, enviado especial, editor e, também, crítico de arte.
Buzzati estreou-se em 1933 como escritor com Barnabo delle Montagne, seguindo-se, dois anos mais tarde, Il Segreto del Bosco Vecchio (O Segredo do Bosque Velho). Nestas obras estava já patente a inclinação de Buzzati para abordar uma visão fantástica e absurda da realidade. O Segredo do Bosque Velho, que foi adaptado com sucesso ao cinema pelo realizador italiano Ermanno Olmi, faz uma evocação de O Principezinho, de Saint-Exupery Buzzati aliou à atividade de escritor a profissão de jornalista, tendo trabalhado no Corriere de la Sera até morrer. Em 1939, em plena guerra, foi enviado especial do jornal na Etiópia. Esta experiência inspirou-o a escrever Il Deserto dei Tartari (O Deserto dos Tártaros), editado em 1940, um dos seus mais conceituados romances e obra que o lançou internacionalmente. O Deserto dos Tártaros foi adaptado ao teatro por Albert Camus e, também, ao cinema.
Dois anos mais tarde, lançou I Sette Messaggeri (Os Sete Mensageiros), um livro de contos. Esta obra foi um tremendo sucesso de crítica e de vendas, tal como aconteceu com outro livro de contos Il Colombre, este de 1967.
Dino Buzzati dedicou-se também à pintura e à ilustração e da conjugação destas artes resultou, em 1945, o livro para crianças La Famosa Invasione Degli Orsi in Sicilia.
Para além de romances e contos, o escritor italiano foi autor de peças de teatro, nomeadamente radiofónico, poesia e librettos.
Ao longo da sua carreira, conquistou diversos prémios literários italianos de nomeada, como o Strega, o Napoli e o Paese Sera.
Como referenciar: Dino Buzzati in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-15 08:33:15]. Disponível na Internet: