Diogo de Arruda

Arquiteto de obras régias da primeira metade do século XVI. É uma das grandes figuras associadas à edificação do Convento de Cristo, obra de que foi nomeado mestre em 1510. Exerceu o cargo até 1513. A sua obra constitui um dos mais acabados exemplares do estilo manuelino, pela decoração cheia de referências à natureza, com referências à heráldica e uso sistemático de volumes cilíndricos. Arruda participou também na construção do baluarte do Paço da Ribeira e do Castelo Novo de Évora. Era irmão de Francisco de Arruda.
Como referenciar: Diogo de Arruda in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-23 07:37:06]. Disponível na Internet: