dólar canadiano

O dólar canadiano é a moeda oficial do Canadá, tem por símbolo $ ou C$, para o distinguir dos outros dólares, e por código CAD. Pode ser dividido em 100 cêntimos. A entidade emissora é o Banco do Canadá. O dólar canadiano também é vulgarmente conhecido por “buck”, tal como acontece com o norte-americano.
Foram criadas moedas de 1, 5, 10, 25 e 50 cêntimos e de 1 e 2 dólares. Quanto às notas foram lançadas as de 5, 10, 20, 50 e 100 dólares.
As moedas, cunhadas pela Real Casa da Moeda Canadiana, trazem na frente a efígie da Rainha Isabel II de Inglaterra, enquanto no verso surgem representações da vida selvagem local. Já entre as notas apenas uma traz a efígie da rainha, enquanto as outras surgem ilustradas com governantes canadianos. Paralelamente, há cenas de crianças a brincar, de crianças a ter lições de história, de obras de arte, de ativistas dos direitos das mulheres, de mapas antigos e de satélites, estes últimos demonstrativos das virtudes exploradoras e tecnológicas do país. Tanto os ingleses como os franceses estabeleceram colónias nos territórios atualmente conhecidos por Canadá. Assim, por lá circularam francos coloniais franceses e libras esterlinas inglesas. Os franceses cunharam moedas pela primeira vez no território em 1670, mantendo a produção durante 90 anos.
No século XIX, paralelamente ao dinheiro francês e inglês também circularam no Canadá moedas holandesas, espanholas e norte-americanas. Também eram correntes as unidades monetárias privadas, como fichas e moedas, lançadas individualmente por diversas províncias canadianas, como Nova Escócia, New Brunswick, Ilha Príncipe Eduardo e Terranova.
A 1 de janeiro de 1858, o Canadá adotou como moeda o dólar canadiano, que era divisível em cem cêntimos, com valor equivalente ao dólar dos Estados Unidos da América. Nesse mesmo ano, foram cunhadas as primeiras moedas locais. Foram então abandonadas as libras canadianas lançadas em 1841 pela Grã-Bretanha, a nação soberana.
Em 1867, foi criado o domínio do Canadá, que serviu, nomeadamente, para defender o país de uma eventual anexação por parte dos norte-americanos. Três anos mais tarde, foram cunhadas as primeiras moedas destinadas especificamente ao domínio do Canadá e eram idênticas às do dólar norte-americano. Simultaneamente, foram abolidas todas as moedas privadas de cada uma das províncias que compunham o Canadá.
Até 1935, os bancos privados canadianos, podiam fazer emissões de dinheiro mas, a partir desse ano, apenas o Banco do Canadá adquiriu esse direito.
Como referenciar: dólar canadiano in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 08:29:51]. Disponível na Internet: