Dólmen da Casa da Orca

O Dólmen da Casa da Orca é um monumento funerário situado na freguesia de Cortiçô, concelho de Fornos de Algodres. Nesta região da Beira Alta, existe um elevado número e diversidade tipológica deste tipo de monumentos de pedra, os megálitos. Construídos por comunidades essencialmente agrícolas e pastoris, este tipo de monumento exerceu, acima de tudo, uma função tumular. Crê-se, contudo, que acumulasse igualmente funções de local de culto ou mesmo de demarcação territorial.
O Dólmen da Casa da Orca é constituído por um câmara funerária de 9 esteios de planta poligonal (3,90 m de largura, 3,20 m de comprimento e 3 m de altura) e corredor diferenciado (4,80 m de comprimento e 2 m de altura) com átrio de entrada. Apresenta três curiosos esteios com pinturas a vermelho e laje de cobertura com diversas insculturas na superfície exterior.
As escavações aí processadas, para além de todo o espólio reunido - artefactos de pedra, pontas de seta e vasos cerâmicos - revelou um "ídolo" de pedra de configuração antropomórfica.
O monumento, pelas suas características arquitetónicas, pictóricas e de espólio exumado, data do primeiro quartel do IV milénio a. C.
Como referenciar: Dólmen da Casa da Orca in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-21 18:40:23]. Disponível na Internet: