Dólmen da Casa dos Mouros

O Dólmen da Casa dos Mouros, também conhecido por Dólmen de Paranhos, situa-se entre Carvalhal da Louça e Vila da Igreja, na freguesia de Paranhos, concelho de Seia. Foi, em tempos, transformado em choupana, como deixavam antever os vãos entre os esteios calafetados com argamassa, o corredor adaptado a escada de acesso ou outras marcas, irreparáveis, como ganchos e argolas de ferro cravados na tampa da câmara.
É um monumento constituído por uma mamoa, ou seja, um montículo de pedra que cobria o dólmen, infelizmente destruída mas da qual ainda subsistem alguns vestígios a este, câmara quadrangular e corredor curto. A câmara, completa, é formada por nove esteios e o corredor por três esteios, dois de um lado e um de outro.
Foi escavado em 1985 e o espólio que aqui foi recolhido encontra-se no Museu Etnológico, constando sobretudo de material lítico - fragmentos de pontas de seta e facas em quartzo, esferoides rolados, etc. -, em cerâmica - vaso com corpo troncocónico, vaso esférico - e duas contas.
Como referenciar: Dólmen da Casa dos Mouros in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 03:28:42]. Disponível na Internet: