Doris Day

Atriz norte-americana nascida em 1924. Tornou-se célebre pelas suas prestações em comédias musicais, sobretudo nos anos 50 e 60. De seu nome verdadeiro Doris Mary Ann Von Kapplehoff, cedo desenvolveu uma vocação artística como dançarina, exibindo-se em festas de salão. Contudo, um acidente de viação provocou-lhe lesões graves num menisco e Doris viu-se obrigada a enveredar por aulas de Canto e de Artes Dramáticas. A sua estreia no cinema deu-se pelas mãos de Michael Curtiz em Romance On The High Seas (Romance no Alto Mar, 1948). O seu primeiro êxito como protagonista foi Calamity Jane (1953), a que se seguiu o trabalho com Alfred Hitchcock em The Man Who Knew Too Much (O Homem que Sabia Demais, 1956), onde popularizou a canção "Que Sera, Sera". Foi nomeada para o Óscar de Melhor Atriz por Pillow Talk (Conversa de Travesseiro, 1959). Ganhou imensa popularidade como par romântico de David Niven em Please Don't Eat the Daisies (Não Comam as Margaridas, 1960). A morte do marido em 1968 fez com que tivesse tomado a irrevogável decisão de não trabalhar mais em cinema.
Como referenciar: Doris Day in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 06:13:23]. Disponível na Internet: