Eddie Murphy

Ator norte-americano, de nome completo Edward Regan Murphy, nascido a 3 de abril de 1961, no bairro nova-iorquino de Brooklyn, nos Estados Unidos da América. Aos 16 anos já era comediante em bares e aos 19 foi convidado para participar na comédia semanal da NBC Saturday Night Live (1975), pelo seu ar jovem e humor ligeiramente arrogante e o sorriso muito peculiar. Ganhou imensa popularidade e, subitamente, foi-lhe oferecido um papel no melodrama em tom de comédia 48 Hours (1982). Tinha nascido uma estrela que valia 8 milhões de dólares por filme. Protagonizou um dos maiores sucessos da década de 80, Beverly Hills Cop (O Caça Polícias, 1984), que foi seguido por Beverly Hills Cop II (O Caça Polícias II, 1987), um filme considerado pior que os dois anteriores mas, inevitavelmente, outro sucesso, e Beverly Hills Cop III (O Caça Polícias III, 1994). Eddie Murphy também participou em algumas produções para os mais jovens, como The Nutty Professor (O Professor Chanfrado, 1996), que também teve uma sequela, The Nutty Professor II: The Klumps (O Professor Chanfrado II, 2000) e Mulan (1998), na voz de uma das personagens. Outros filmes de destaque na sua carreira são The Golden Child (O Menino de Ouro, 1986), Vampire in Brooklin (O Vampiro de Brooklin, 1995), Holy Man (O Guru, 1998) e Bowfinger (O Sem Vergonha, 1999), em que contracena ao lado de Steve Martin. Deu também a voz ao impagável e desbocado Burro em Shrek (2001) e protagonizou comédias bem sucedidas como Showtime (2002), ao lado de Robert de Niro, I Spy (O Espião Sou Eu, 2002), Daddy Day Care (O Guarda-Fraldas, 2003) e The Haunted Mansion (A Casa Assombrada, 2003). A sua carreira estabeleceu-o como um dos mais famosos atores de comédia de Hollywood.
Como referenciar: Eddie Murphy in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 22:27:07]. Disponível na Internet: