efeito de estufa

O efeito de estufa é um conceito que foi escolhido para designar a taxa da temperatura global que é provocada pelo aumento de poluentes gasosos, principalmente o dióxido de carbono. Os gases poluentes absorvem as quentes radiações infravermelhas, impedindo o seu escape para o espaço durante a noite. O efeito de estufa é idêntico ao que acontece num carro estacionado ao sol com os vidros fechados. A energia radiante do sol aquece o interior do carro e os vidros impedem o seu escape para o exterior. O carro aquece cada vez mais.
Os níveis de dióxido de carbono e de poluentes aumentam na atmosfera, captando cada vez mais calor e fazendo com que as temperaturas se elevem gradualmente, fenómeno que é conhecido por aquecimento global. Pela análise das bolhas de ar retidas nos gelos da Antártida e da Gronelândia desde há mais de 1000 anos, foi possível verificar um aumento de dióxido de carbono na atmosfera de 25%. 85% deste aumento ocorreu entre 1870 e 1989, período em que se generalizou a utilização de combustíveis fósseis (carvão e petróleo). A manter-se esta taxa, é previsível que a concentração de dióxido de carbono duplique até ao ano 2050, aumentando a temperatura global em cerca de 2 a 5 oC.
As maiores consequências do aquecimento global serão: a subida do nível do mar no decorrer do próximo século; a redução das chuvas, o aumento da desertificação e a generalização de uma crise de fome no mundo; a destruição dos seres vivos, animais e plantas, que vivem em estuários, deltas e zonas baixas da costa.
Sabendo-se que o dióxido de carbono é o principal responsável pelo aquecimento global, reduzir a sua emissão pode ajudar a resolver o problema. Na sua maior parte, o dióxido de carbono lançado na atmosfera resulta da utilização de combustíveis fósseis para produzir eletricidade, a circulação automóvel e o aquecimento das casas. A redução do consumo de combustíveis fósseis constitui uma solução possível.
Como referenciar: efeito de estufa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-18 05:50:14]. Disponível na Internet: