efeito de Mossbauer

O efeito de Mossbauer, como o próprio nome indica, foi descoberto em 1957 pelo físico alemão Rudolf Mossbauer, que nasceu em Munique, a 31 de janeiro de 1929.
Este efeito descreve a emissão, sem recuo, de um fotão de raios gama, a partir de um núcleo incrustado num sólido.
A emissão de um raio gama por um único átomo num gás provoca um recuo no átomo e reduz a energia do raio gama da sua energia de transição usual E0 para E0-R, onde R é a energia de recuo. Mossbauer descobriu que, se o núcleo emissor for mantido por forças muito fortes na rede cristalina de um sólido, a energia de recuo é distribuída por todos os núcleos na rede.
Devido ao facto de, habitualmente, existirem 1010 a 1020 átomos numa rede, o recuo será desprezável e o fotão de raios gama tem energia E0.
Este princípio também é aplicado à absorção de raios gama e é usado em espetroscopia de efeito Mossbauer para dar resposta a problemas de física nuclear, física do estado sólido e em química.

Como referenciar: efeito de Mossbauer in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-27 11:00:54]. Disponível na Internet: