Elechi Amadi

Escritor e educador nigeriano, Elechi Amadi nasceu a 12 de abril de 1934, em Aluu, no delta do rio Niger, perto de Port Harcourt. Proveniente de uma família de etnia Ibo, estudou no Government College de Umuahia, transitando depois para a University College de Ibadan, conseguindo o diploma em Física e Matemática em 1959.
Trabalhou um ano como agrimensor em Eguru e logo como professor de Ciências da Natureza nas escolas missionárias protestantes de Oba e Ahoada. Em 1963 alistou-se no Exército Federal, recebendo o posto de capitão. Foi encarregado de lecionar na Academia Militar de Zaria. Acabando por se demitir, Amadi passou a lecionar numa escola secundária anglicana, em Port Harcourt, mas com a deflagração da Guerra Civil da Nigéria (1966-1970), foi detido pelas autoridades do Biafra, que suspeitaram do seu passado como oficial do Exército Federal. Não obstante, realistou-se e com o fim da guerra passou a trabalhar para o governo, chegando a ser Ministro da Informação e Ministro da Educação.
Publicou o seu primeiro romance em 1966, seis anos depois da independência da Nigéria e no ano do começo da Guerra Civil. Com o título The Concubine (1966, A Concubina), a obra retrata a vida das aldeias em torno de Port Harcourt e de como a forte ligação ao mundo natural facilmente desliza para uma perspetiva mitológica da vida e dos acontecimentos.
Três anos mais tarde, foi a vez de The Great Ponds (1969, Os Grandes Charcos), que conta a história do conflito entre duas aldeias acerca das quotas pesqueiras. Em Beware, Soul Brother (1971, Cuidado, Irmão de Alma) e Sunset In Biafra (1973, Pôr do Sol no Biafra), Amadi faz um balanço das suas experiências durante a Guerra Civil, tragédia que custou mais de um milhão de vidas humanas e que dividiu o país e os seus escritores, alguns deles, como Christopher Okigbo e Chinua Achebe, lutando pela fação do Biafra. No seu livro Estrangement (1986, Distanciamento), estuda os efeitos secundários da Guerra Civil, a preocupação política do autor.
Como referenciar: Elechi Amadi in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 11:03:24]. Disponível na Internet: