Artigos de apoio

elfos
Os Elfos, também conhecidos como Elfs ou Elves, são criaturas mitológicas cujas lendas têm como origem o Norte da Europa, com destaque para a região da Escandinávia e Alemanha Setentrional, com propagação inicial para as Ilhas Britânicas.
São consideradas criaturas de uma cultura antiga, amantes da música, das artes, da dança e, especialmente, da natureza, com a qual mantêm uma relação simbiótica que os torna quase como "filhos" desta. Dedicam-se, de acordo com as lendas a eles atribuídas, à guerra mas também à agricultura e aos cuidados das florestas, destacando-se sempre por um rigoroso e extremo perfeccionismo. Conotam-se também com a ideia de fertilidade, considerados também como pequenas divindades suas.
A sua fisionomia tradicional apresenta-os ora do tamanho do homem vulgar, ora apenas como pequenos seres capazes de viver num botão de rosa. Shakespeare tratava-os como figuras anãs, ao passo que Tolkien os descreve como vigorosos e sábios. Os seus olhos são claros, os cabelos quase brancos e as suas orelhas pontiagudas. De acordo com a lenda, a sua vida é longuíssima, gozando até da imortalidade. Vivem nas profundezas das grandes florestas ou bosques, vestindo roupas verdes, pelas quais se camuflam ou misturam por entre árvores, ervas ou arbustos, tornando-os impercetíveis.
Uma outra nota curiosa e distintiva acerca destas míticas criaturas da floresta é o facto de terem uma escala ou noção de tempo diferentes da dos humanos. Algumas horas para os humanos, no tempo real, representam anos para os Elfos. Dependendo das regiões, deparamo-nos com diferentes tipos de elfos. Na Alemanha, algumas destas criaturas (elfos escuros e malignos) são conhecidas por espalhar doenças e pesadelos (dizia-se que os pesadelos resultavam de um elfo estar sentado em cima da cabeça do "sonhador"). No folclore germânico é conhecido também uma espécie de Elfo que aparece à pessoa que está preste a morrer. Conforme a expressão facial do Elfo, a pessoas ficaria a saber que tipo de morte teria, ou tranquila ou dolorosa. Os Elfos gostam de celebrar, dançar e comer, defendendo e promovendo a felicidade.
Em muitas versões da lenda, um pouco como a da Alemanha, aparecem conotados como seres malignos, enquanto que noutras versões regionais eram tidos como seres que estavam entre o homem e o anjo.
Os elfos são governados, em cada um dos seus povoados, por um conselho de sábios, feiticeiros e militares.
Os Elfos, segundo a mitologia, têm um papel de extrema importância no equilíbrio, na saúde e no crescimento das plantas (cuidam do mecanismo de fotossíntese de cada uma delas).
Hoje, e graças à mais famosa obra de Tolkien, O Senhor dos Anéis (1954-55), este seres tornaram-se populares em todo o mundo. Esta trilogia, lida por milhões de pessoas em todo o mundo, é hoje um dos maiores best-sellers da história do livro impresso, abrindo-nos as portas ao mundo encantado dos Elfos, entre outros seres mitológicos. O Senhor dos Anéis foi mais tarde (2001-2003) adaptado a filme, em três partes, pelo realizador neozelandês Peter Jackson, registando um êxito total.
Como referenciar: elfos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-04-26 07:02:27]. Disponível na Internet: