ênfase (retórica)

Processo linguístico ou para-linguístico utilizado para reforçar ou intensificar o conteúdo semântico ou comunicativo de uma palavra ou expressão. Grande parte dos recursos estilísticos utilizados em retórica têm como objetivo enfatizar um conteúdo ou ideia. Os processos enfáticos que contribuem para intensificar uma dada expressão linguística podem ser manifestados em diversos níveis:

1. Gramatical: processos morfo-sintáticos que se podem manifestar em figuras de repetição, no paralelismo sintático, na utilização de adjetivos de forma superlativa ou advérbios de intensidade, na utilização de processos sintáticos de marcação do tópico, etc, como se pode observar nos exemplos i) - v):

i. Correu, correu, correu mas não conseguiu chegar a tempo. ii. Este livro é super interessante.
iii. A viagem ficou tão cara!
iv. Tenho trabalhado tanto, que já nem me lembro de ver a luz do sol.
v. Agora é que está na altura de começar.

2. Prosódico: processo para-linguístico em que se recorre ao aumento isolado ou simultâneo da entoação, da intensidade e da duração de uma sílaba, palavra ou expressão, refletindo-se frequentemente em fenómenos de foco ou focalização, com o objetivo de destacar o conteúdo de uma expressão por contraste com outra potencial expressão concorrente (cfr. vi-viii):

vi. Foi SaraMAgo quem ganhou o prémio Nobel (e não Sophia de Mello Breyner).
vii. Saramago gaNHOU o prémio Nobel (não perdeu, não foi nomeado).
viii. Saramago ganhou o PRÉMIO NOBEL (não o prémio Camões ou o totoloto).
Como referenciar: ênfase (retórica) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 20:44:50]. Disponível na Internet: