Entrevista de Hendaya

Hitler pretendia quebrar a posição de neutralidade adotada pelo general Franco na Segunda Guerra Mundial. Para tal, agendou um encontro com o dirigente espanhol na cidade fronteiriça francesa de Hendaya, no qual também esteve presente Goering, um dos seus "braços direitos".
Nesta reunião protocolar entre Hitler e Franco, que teve lugar na estação de comboio de Hendaya, no dia 23 de outubro de 1940, foi negociada a participação da Espanha na Segunda Guerra Mundial, a qual decorria ao lado das Potências do Eixo.
A razão principal desta reunião era a pretensão espanhola da ocupação de Gibraltar, ou seja, a utilização de um enclave britânico sempre reclamado pela Espanha como base de ataque germânico e dos seus aliados.
Esta reunião de Hendaya, que tentou empurrar Espanha para o conflito mundial, foi mantida secreta, permitindo no fundo, que a Espanha mantivesse intacta a sua neutralidade. António Salazar, dirigente português, exerceu fortes pressões sobre Franco para esse sigilo e consequente política neutral pois o contrário obrigaria Portugal a entrar no conflito mundial.
Como referenciar: Entrevista de Hendaya in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 02:08:56]. Disponível na Internet: