Erário Régio

Órgão de controle dos dinheiros públicos, criado pelo marquês de Pombal em 1761, altura em que foi extinta a Casa dos Contos. Centralizava todas as funções da tesouraria do Estado. Era presidido pelo inspetor-geral do Tesouro, cargo que foi exercido pelo próprio marquês de Pombal enquanto esteve no poder, e estava organizado em quatro repartições ou contadorias-gerais, com atribuições diferenciadas. O Erário Régio foi extinto em 1833, passando as suas funções para o Tribunal do Tesouro Público.
Como referenciar: Porto Editora – Erário Régio na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-16 07:45:18]. Disponível em